segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A Walk to Remember - Capitulo 02


'Castigo'
Niall Horan P.O.V'S
Acordei com a cabeça explodindo de dor . Conseguia me lembrar muito bem da noite passada , e que noite . Ontem eu e os caras invadimos um deposito de areia , foi muito da hora . A adrenalina e o sangue subiu nas minhas veias quando os policiais surgiram do nada e começaram a nos perseguir . Eu bati o carro , pra variar de novo . A dona Maura vai pirar quando ver aquele cabaço do que sobrou do carro na garagem . Sorte que sei onde fica as chaves do carro do meu pai , ou então eu estava literalmente fodido , porque de carona nem pagando que eu iria pra escola . Tomei um banho e escovei meus dentes , vi que a minha cara tava horrível no reflexo do espelho . Coloquei meus óculos pretos pra tentar desfarsar a cara de bunda que eu estava . A Jaeny , uma menina que eu nem conhecia ate ontem , tinha deixado varias marcas roxas no meu pescoço e alguns arranhões nas minhas costas . Que mulher , meu Deus . Aquilo era um furacão da agilidade , o pecado mortal para qualquer homem . Ela tinha uns vinte anos , era meio burrinha e fácil de levar no papo mais valeu a pena . Fui ate a cozinha e tomei um cafe para ver se melhorava um pouco a dor de cabeça , ou o meu figado iria a falência de tanto remédio que eu já tomei . Terminei meu cafe e peguei as chaves do carro do meu pai indo ate a porta , mas era de se esperar que a dona Maura iria me parar pra começar a dar a palestra dela de sempre . 

Maura: Niall , sera que você pode me dizer aonde estava na noite passada ? 
Eu: relaxa mãe , eu tava por ai com os meninos . 
Maura: relaxar? Como você sai e nem se quer atende os meus telefonemas ?
Eu: mãe fica de boa , você sabe que não aconteceu nada de mais . Eu to aqui não to ? 
Maura: Niall por favor pare de se meter em confusões , eu já estou de saco cheio disso . E que marcas são essas no seu pescoço ? - disse arregalando os olhos quando viu as marcas -
Eu: nada de mais , agora não enxe que eu tenho aula . 
Maura: por que vai com o carro do seu pai ? - notou as chaves dele nas minhas  mãos -
Eu: por nada , sem interrogatorios . Eu amo você . 

Disse cortando ela antes que percebesse o estado do meu carro na garagem e sai porta a fora com certa pressa . Os caras devem estar me esperando pra saber como escapei na noite passada , nos separamos quando eu arranquei com o pneu do carro cirando a esquina . Cheguei na entrada da escola e eles estavam todos la rindo de algo que eu não entendi , fui ate eles e notei que a menina de ontem estava sentada no colo do Harry , essa vagabunda não vale nada mesmo . Mas não me importo , ela não é assim boa de cama quanto eu pensei que fosse . 

Eu: eai cara . - fiz um toca com eles - 
Liam: conseguiu mesmo escapar de ontem ?
Eu: foi moleza , aqueles guardinhas nunca que iria conseguir me pegar . 
Zayn: e por que você veio no carro do patrão la ?
Eu: eu bati com o carro naquela rotatória . 
Harry: de novo ? 
Eu: pois é e o carro ficou um lixo , dessa vez acho que vai demorar um pouco pra consertar . 
Louis: depois da aula se quiser eu posso ir pra sua casa tentar te ajudar . 
Harry: hmmm o Louis quer ir na casa do Niall dar uma ajudinha pra ele . 
Eu: ai , vão se fuder vocês todos . 
Liam: nossa gente ele ficou bravinho . 
Zayn: ai gente , aquela ali não é a virgem apavorada do clube de física ?
Eu: aquela garota não sabe mesmo se vestir . 
Harry: eu acho que ela tem um corpo de deusa judia , mas por baixo de tanto pano não da nem pra imaginar ela nua . 
Eu: pois é . 
Zayn: la vem ela com aquele suéter da década de oitenta . 
Eu: Ai branquela , gostei do suéter . - disse gozando da cara dela que nem notou , ela é muito inocente para ver malicia nas coisas - 
Eu: obrigada . - a podre menina inocente acreditou mesmo que eu tivesse elogiando aquela roupa de funeral -
Zayn: e onde você conseguiu isso ? Em algum museu da década passada ? - todos começaram a rir da cara que ela fez quando viu que era só uma piadinha -
Ela: um dos maiores pecados imperdoáveis do ser humano é tentar ser a perfeição , ninguém é perfeito .
Harry: é vai dizer isso pro seus amiguinhos do clube de física . 
Ela: não vou perder meu tempo com vocês patetas , pessoas morrem e nascem enquanto vocês perdem o tempo da vida coçando o saco . - ela não sabe mesmo responder a altura de qualquer um de nos - 

Ela saiu toda bravinha e irritada indo para dentro do colégio e eu e os meninos decidimos fazer o mesmo já que estava quase começando a aula , era de Arte Teatral para variar e aquela professora baixinha e peitudo não parava de falar um segundo sobre uma peça de teatro que iria ter na escola e que quem participasse ganharia pontos estras na matéria dela , tudo bem que eu preciso de pontos pra passar mas também não sou babaca o suficiente pra pagar mico deante a escola inteira nessa peça ridícula . O diretor entrou dentro da sala com uma cara de merda incrível que só ele consegue ter todos os dias , parou em frente a professora que me chamou . 

Professora: Niall ? O diretor quer dar uma palavrinha com você na sala dele . Sera que pode se levantar ?
Eu: não sei não acho que to um pouco cansado . - disse tirando onda com a cara dela -
Diretor: Horan levanta dessa cadeira que eu to te esperando na minha sala em cinco minutos , não em faça perder a paciência com você . 
Harry: mas do que ele já esta pilhado hoje acho impossível . - ele tentou falar baixo mas o idiota não se saiu muito bem -
Diretor: pensando bem eu quero todos vocês na minha sala , mas de primeira eu quero falar com o Horan , cinco minutos . - ele disse olhando pra mim querando me intimidar , esse viadinho nunca vai conseguir isso , levantei da cadeira bufando e fui ate a sala dele , me sentei e ele começou a dar a palestra de sempre e eu já imaginava o motivo quando ele colocou seis garrafas de cerveja em cima da mesa -
Eu: eai tudo em cima ? - mudei um pouco o humor , se a Maura fosse chamada novamente aqui ela ia ter um treco de tanto falar - 
Diretor: não se faça de desentendido senhor Horan , eu não vou tolerar mais esse tipo de comportamento no meu colégio , não mais . 
Eu: o que foi vai me expulsar ? - disse como se fosse obvio -
Diretor: não , isso seria muito fácil pra você . Vou te castigar , mas sera um castigo em dobro pra você aprender a nunca mais se meter comigo de novo . Bebidas alcolicas são completamente proibidas e você sabe das nossas regras . 
Eu: sabe que eu não me importo com isso ano é mesmo ?
Diretor: duas semanas limpando o patio da escola e o laboratório depois que o clube de astronomia terminar as pesquisas , participara da orientação nos sábados com a turma de matemática para crianças carentes . 
Eu: já terminou ?
Diretor: não , esqueci da ultima e mais importante . 
Eu: e o que seria ? Pentear esse seu cabelinho ?
Diretor: participara da peça de teatro da senhorita Jesse , e vai aceitar o papel que ela escolher pra você sem reclamar . 
Eu: O QUE ? A qual é já é muita humilhação ter que ficar limpando a sujeita dos outros mas participar dessa merda já é demais , sabia que a escola inteira vai estar la ?
Diretor: eu sei exatamente quem vai estar la . Os ensaios começam hoje mesmo . Pode sair . 

Sai bufando daquela sala e bati a porta , não suporto a cara daquele diretor mau encarado . Eu sei que as vezes ultrapasso um pouquinho as regras , tudo bem quase sempre mas isso não é motivo para ele me humilhar na frente da escola inteira como se eu fosse um troglodita que nem ele . Mas antes isso do que ser expulso , a minha mãe surtaria . Peguei minhas coisas e fui pra sala de teatro aonde a turma que iria participar já estava toda la , entrei na sala com o meu humor de sempre . 

Eu: eai fracassados . - passei pela professora e me sentei , todos me encaravam encredulos , menos a branquinha chata que eu já poderia imagina o que ela iria falar . 
Ela: você por aqui Horan ? Perdeu o rumo do bar depois de enxer a cara ? 

Se bem que pra uma virgem indefesa ela manda bem na audácia , ela parece ser gatinha . Pelo menos o rosto dela é muito bonito e angelical já que com o cabelo preso e aquele tanto de pano cobrindo o corpo não da pra se ver muita coisa . Mas pensando por um lado ela parece ser atraente com esse jeito marrentinha . 


SeuNome Moore P.O.V'S


A bibliotecaria havia adorado o meu projeto e isso me deu pontos extras em literatura . Quando eu estava na sala aquele garoto irritante foi chamado pra diretoria , eu já imaginava o motivo . Ontem a tarde quando estava saindo do laboratório o diretor achou seis garrafas de cerveja vazias no armário dele . Ele me questionou e perguntou se eu sabia de algo mas eu claro neguei como sempre , eu vi ele colocando aquelas garrafas , eu vi ele beber , vi ele colocar cerveja no copo de algumas vadias que se ofereciam pra ele . Mas preferi ficar na minha como de costume , não goste de me meter nisso tudo . A professora chamou todos que iriam participar da peça para o palco e nos sentamos em cadeiras em circulo , os outros ficaram nos bancos da plateia apenas observando . Na verdade estavam todos completamente desinteressados no que a senhorita Jesse falava , eles mexiam nos celulares , alguns cochilavam e outros já tinham conseguido fugir dali sem serem notados . Aquele par de olhos azuis irritantes entrou dentro da sala com aquele olhar como se ele fosse intimidador e se sentou na cadeira com o humor horrível de sempre e a cara amarrada . 

Niall: eai fracassados . - ele poderia ate ter intimidado todos que estavam ali , menos eu . -
Eu:  você por aqui Horan ? Perdeu o rumo do bar depois de enxer a cara ? - me referi as garrafas de cerveja que foram encontradas no armário dele - 

Ele começou a ficar com o olhar fixo em mim e aquilo estava me assustando , ele parecia meio aério ate que a professora nos chamou pedindo um pouco de atenção . 

Professora: agora eu vu entregar os roteiros e dar o papel de cada um de vocês .

Ela me entregou o meu e eu mau podia acreditar que eu havia conseguido o papel que queria tanto , o papel principal . Olhei para todos sorrindo e o Niall estava com uma cara pior ainda , parecia não acreditar em alguma coisa ate que a professora perguntou se ele estava bem e ele resolveu dizer alguma coisa depois de tanto tempo em silencio . 

Niall: eu não acredito , não vou dar um de romeu babaca com esse papel . - merda , já poderia imaginar o papel que ele havia ganhado , e agora o meu sorriso se desmanchou completamente e meu humor foi tomado pelo tédio - 





Nenhum comentário:

Postar um comentário